Governo aprova medidas de €1.550 milhões para apoio à economia

 

O Conselho de Ministros aprovou medidas de apoio à economia no montante global de 1550 milhões de euros, nomeadamente:

  • €750 milhões para apoio a micro e pequenas empresas
  • €800 milhões para linhas de crédito com garantia pública, incluindo 160 milhões a fundo perdido

Estas medidas vão refletir-se em quatro grandes instrumentos: créditos para as empresas de apoio a eventos (culturais, festivos, corporativos, desportivos, seminários, espetáculos, entre outros) e créditos para a indústria exportadora, subsídios para as micro e pequenas empresas e flexibilização do apoio à retoma progressiva.

“Estamos a pensar nas empresas que montam stands nas exposições e feiras, nas empresas que montam equipamentos de luz, som e audiovisual”, detalhou o ministro, sendo igualmente revelada a “criação de uma linha de crédito de 50 milhões para empresas de eventos, que têm quebras muito significativas de atividade”.

Por isso mesmo, a GO Engenharias põe ao dispor dos seus clientes uma equipa experiente e empenhada em tornar os seus projetos realidade. Desde e elaboração das candidaturas até todos restantes compromissos inerentes ao projeto como realização de feiras, certames e missões empresariais.

Foi também criado o programa Apoiar.pt baseado em subsídios a fundo perdido a micro e pequenas empresas com quebras de faturação superiores a 25% nos primeiros nove meses de 2020, que tivessem capitais próprios positivos no final de 2019, e que tenham a situação regularizada com o fisco, a segurança social e o sistema bancário.

O referido apoio é “crescente, consoante a quebra da faturação seja mais elevada, correspondendo a um salário mínimo por posto de trabalho pago de uma vez ou dois salários mínimos por cada posto de trabalho que tivessem estado em lay off até final do ano”.

Este programa, com um montante total de € 750 milhões tem um limite de € 7.500 para as microempresas e de € 40 mil para as pequenas empresas.

 

As empresas que dele beneficiarem, não podem proceder a despedimentos por razões económicas durante o período do apoio nem distribuir fundos aos sócios.

 Conheça as medidas: https://bit.ly/3k3TBRl

 

 Ficou com alguma dúvida? Precisa de apoio especializado?

Marque já uma reunião para que sejam retiradas todas as suas dúvidas e questões! Visite-nos em https://goe.com.pt/

 

Leave a comment

13 anos de Empenho, Compromisso e Dedicação